COVID-19: Precauções diárias recomendações time CDO

covid-19-precaucoes-diarias-recomendacoes-time-cdo

Por: - CRM 4228 / RQE 4084
Publicado em 10/04/2020 - Atualizado 28/04/2020

COVID-19: Precauções diárias recomendações time CDO

A COVID-19, doença causada pelo novo coronavírus, já registra mais de 60 mil casos e mais de 4 mil mortes em todo o Brasil. Em 20 de março, o Ministério da Saúde declarou transmissão comunitária no país, ou seja, já é não possível identificar a origem da infecção, uma vez que o vírus está circulando entre pessoas que não viajaram ao exterior ou não tiveram contato com pessoas que estiveram fora do país.

Ouça este conteúdo: 

 

A transmissão comunitária somada à ausência de tratamento específico para combater a COVID-19 faz com que as precauções diárias sejam a melhor arma na luta contra o coronavírus. Conhecer as recomendações oficiais transmitidas pelos órgãos de saúde é um dever de toda a população, que deve estar consciente do seu papel para tentar minimizar as transmissões do vírus.

Neste artigo, reunimos as principais precauções diárias que você deve adotar para evitar a proliferação do coronavírus. Acompanhe!

COVID-19: precauções diárias para a população em geral

O time do CDO recomenda uma série de medidas que são eficazes na prevenção contra o novo coronavírus. Por mais que grande parte da população não tenha esses hábitos diariamente, agora é a hora de se conscientizar e dar uma atenção especial à importância de fazer sua parte. Confira os principais cuidados diários!

Lave bem as mãos com frequência

A transmissão do vírus pode acontecer quando tocamos em uma superfície contaminada e levamos a mão aos olhos, boca ou nariz. Portanto, lavar as mãos com frequência é um hábito preventivo de extrema importância neste momento. Diferente de uma lavagem comum, a forma de lavar as mãos para prevenir a contaminação pelo coronavírus deve seguir um passo a passo específico. 

Higienize as mãos com álcool gel

O álcool gel é um excelente aliado na luta contra o coronavírus. Sempre que tocar em superfícies possivelmente contaminadas e não puder lavar suas mãos, recomenda-se que você as higienize com álcool gel 70. A maneira correta de aplicar o produto deve seguir o mesmo passo a passo exemplificado acima.

Evite tocar nariz, boca e olhos

Mesmo que você lave e higienize as mãos com frequência, evite tocar no nariz, boca e olhos. Como acabamos tocando em muitas superfícies que podem estar infectadas, o vírus pode passar para nossas mãos e, ao tocarmos nos olhos, boca ou nariz, acabamos por facilitar sua entrada no organismo. Se precisar tocar nestas partes do corpo, sempre lave as mãos antes de fazê-lo.

Aumente a frequência da limpeza doméstica

Para evitar contrair a COVID-19, também é importante dar uma atenção especial à limpeza de sua casa. Alguns objetos que são tocados com maior frequência, como celular, controle remoto, cadeiras e maçanetas podem ser higienizados com o álcool gel utilizado para a limpeza das mãos. Para a limpeza doméstica, aposte no uso da água sanitária para desinfetar as superfícies.

Fique em casa o máximo possível durante a pandemia da COVID-19

Ao sair de casa, temos mais contatos com superfícies possivelmente contaminadas e com pessoas que podem estar infectadas pelo coronavírus. Se precisar sair, evite locais com grandes aglomerações e procure manter uma distância segura de, pelo menos, um metro entre as demais pessoas. 

COVID-19: precauções diárias para pacientes do grupo de risco 

Pacientes sofrem com doenças e alergias respiratórias fazem parte do grupo de risco e devem ter ainda mais atenção com as medidas de prevenção diárias. Além dos cuidados citamos acima, é importante seguir outras recomendações:

Cubra a boca ao tossir ou espirrar

Infecções respiratórias podem ser facilmente transmitidas de uma pessoa para outra e  diminuem a imunidade em pacientes infectados. Por isso, sempre que for tossir ou espirrar cubra a boca com o antebraço para evitar a proliferação do vírus responsável por sua condição respiratória.

Peça a ajuda de amigos e familiares

A restrição para pacientes que sofrem com complicações respiratórias permanecer em casa é ainda maior. Se você precisar de itens de supermercado ou farmácia, peça a familiares ou amigos para irem ao estabelecimento. Ao receber os produtos, limpe as sacolas e embalagens com álcool gel antes de tocá-las e oriente sobre as medidas de higiene para a pessoa que estava fora de casa. 

Preciso continuar realizando o tratamento no CDO, quais cuidados devo tomar?

Pacientes que não podem interromper o tratamento ou que precisam de atendimento otorrinolaringológico devem seguir as orientações recomendadas ao sair de casa:

  • limpe as superfícies do carro que você mais tem contato – como maçaneta e volante – com álcool gel 70;
  • leve o álcool gel com você e sempre o use após tocar em superfícies externas;
  • procure manter distância de outras pessoas;
  • use máscaras adequadas;
  • se não for possível usar máscara, utilize lenço descartável ou cubra a boca com o antebraço ao tossir e espirrar;
  • substitua o cumprimento físico em seu médico por “olá, tudo bem?” e o abraço, e o beijo no rosto por um sorriso.

Aqui no CDO, estamos tomando todas as medidas preventivas contra a Covid-19 para que você continue realizando seu tratamento com a máxima segurança. Caso haja alguma dúvida de como você deva proceder ao sair de casa, entre em contato conosco. 

Material escrito por:
- CRM 4228 / RQE 4084

Diretor técnico do CDO, o Dr. Paulo Crespi é também um dos fundadores da clínica. Possui pós-graduação em otorrinolaringologia e mestrado em otoneurologia pela USP. Já exerceu cargos de chefia e presidência na Sociedade Catarinense de Otorrinolaringologia, nos departamentos de otorrinolaringologia do Hospital Geral Celso Ramos e da Associação Catarinense de Medicina.

Inscreva-se em nossa newsletter

Receba mais informações sobre cuidados para a saúde em seu e-mail.