Turbinectomia

Turbinectomia

Turbinectomia (ressecção parcial das conchas nasais)
A turbinectomia é a ressecção (remoção) parcial de uma ou mais conchas nasais.
Pode ser realizada como procedimento único, mas normalmente é combinada a outros procedimentos nasais como a septoplastia, cirurgia endoscópica dos seios da face, adenoidectomia ou rinoplastia.

Principais indicações para realização de cirurgia:
As principais situações em que está indicada a realização da turbinectomia são:

  • presença de sintomas de obstrução nasal (nariz entupido, boca seca, etc) que sejam atribuídos a um aumento de volume das conchas nasais (especialmente nos casos de rinite alérgica que não melhoraram com tratamento com sprays nasais e rinite medicamentosa)
  • aumento de volume de concha que colabore para o aparecimento de outras doenças do nariz, como a sinusite aguda de repetição (vários episódios de sinusite) e a sinusite crônica. Isto é válido especialmente para a concha média bolhosa.
  • ronco e apneia do sono (em casos bem selecionados)
  • dor de cabeça atribuída a uma grande concha nasal que encosta em outras estruturas internas do nariz (cefaléia rinogênica)

Local de realização:
A turbinectomia é realizada em centro cirúrgico.

Como é realizada:

  • Incisão (corte): através da própria narina, o cirurgião utiliza instrumentos de corte que removem parte da concha nasal inferior ou da concha nasal média
  • Pontos: não são realizados neste tipo de cirurgia.
  • Curativos: em geral, não são necessários. Em alguns casos, pode ser necessário o uso de um tampão nasal para evitar sangramentos.
  • Alta hospitalar: em geral, no mesmo dia da cirurgia.

 

Perguntas frequentes:
A cirurgia pode ser realizada por “vídeo”?
Sim. O uso de equipamento de videoendoscopia é muito útil para uma dissecção mais precisa e segura.

A cirurgia pode ser realizada em crianças?
Sim, em casos bem selecionados.

 

Anestesia

Geral (sob os cuidados de médico anestesiologista).

Pós procedimento

Dor: em geral a dor é pequena, controlada com analgésicos simples. Inchaço: nos primeiros dias ocorrerá inchaço do interior do nariz, fazendo com que ele fique um pouco entupido. Externamente, o aspecto do nariz permanecerá o mesmo. Cuidados locais: higiene nasal com solução fisiológica, evitar traumas no local. Afastamento do trabalho: em geral, 7 dias Atividade física: em geral, 2 semanas. Para atividades com chance de trauma (esportes de contato), até 3 meses.
 

Agendamento

Faça seu pré-agendamento com facilidade preenchendo o formulário ou ligue para (48) 3224-1111.