Rinoplastia funcional e estética

Rinoplastia funcional e estética

A Rinoplastia funcional e estética é um dos procedimentos mais realizados ao redor do mundo e tem como objetivo alcançar a melhora da obstrução nasal, quando apenas o procedimento de septoplastia não é suficiente, associado a uma melhora da harmonia facial.

Vários problemas podem ser corrigidos pela rinoplastia estética, como a diminuição de proeminências no dorso e na ponta do nariz, estreitamento das asas nasais, dentre outras. Um ponto importante a ser destacado é que esta cirurgia deve ser sempre individualizada, já que cada paciente é único – ou seja, não é possível fazer com que o nariz de alguém fique igual ao de outra pessoa. Na rinoplastia, o cirurgião tem o objetivo de harmonizar o nariz com o restante das feições faciais do paciente, de modo a obter um resultado estético belo e natural, cuidando também para não ficar com aspecto artificial.

Já a rinoplastia funcional envolve tratar estruturas anatômicas que estejam de alguma forma obstruindo ou dificultando o fluxo de ar dentro do nariz, corrigindo desvios de septos anteriores (na parte mais anterior da ponta nasal), insuficiência de válvula nasal (porção mais estreitada dentro do nariz), insuficiência da válvula nasal externa (normalmente a chamada “ponta caída”).

Sendo assim, havendo a correta indicação após ter sido bem avaliado, é sugerido que – caso queira ser realizado alguma alteração estética e funcional – seja realizado o procedimento em apenas um ato cirúrgico e não em dois momentos distintos/separados.

Anestesia

Geral

Duração

Pode variar muito, mas entre 3 e 5 horas em média.

Cuidados pré operatórios

  • Permanecer em jejum absoluto de no mínimo 8 horas (inclusive de água);
  • Utilizar as medicações prescritas;

Pós procedimento

  • Evitar assoar o nariz;
  • Sangramentos são normais nas primeiras 48 horas após a cirurgia, desde que em pequeno volume. Se o sangramento for maior, manter
  • se em repouso sentado, com uma bolsa de gelo sobre o nariz;
  • Compressas de gelo na face ou beber líquidos gelados pode ajudar. Porém sangramentos vivos contínuos e em grande volume são anormais (podem ocorrer até 4 semanas após a realização do procedimento), devendo ser imediatamente comunicados ao seu médico;
  • Normal ocorrer dor na face e de cabeça leves após a cirurgia, bem como nos dentes nos primeiros dias;
  • Obstrução nasal é muito comum nas primeiras semanas;
  • Obedecer à prescrição médica.
  • Voltar ao consultório para curativo e revisão nos dias estipulados.
  • Dependendo de sua evolução pós
  • operatória poderá voltar às suas atividades normais, após 5 a 7 dias.
  • Atividade física, banhos quentes e sauna deverão ser evitados durante 2 semanas ao menos.
  • É certo que o tabagismo, o uso de tóxicos, drogas e álcool são fatores que eventualmente não impedem a realização de cirurgias, mas podem determinar complicações pós
  • operatórias.
  • Edemas (inchaço), “manchas” escuras (hematomas/equimoses) e dificuldade respiratória nos primeiros dias são comuns.
 

Agendamento

Faça seu pré-agendamento com facilidade preenchendo o formulário ou ligue para (48) 3224-1111.