Adenoidectomia

Adenoidectomia

A adenoidectomia é o procedimento realizado para a remoção da adenoide.
Pode ser realizada como procedimento isolado, ou combinada a outros procedimentos como a retirada das amígdalas (amigdalectomia), a cauterização de cornetos ou a colocação de tubos de ventilação.

Principais indicações para realização de cirurgia:
As principais situações em que está indicada a realização da adenoidectomia são:

  • Obstrução nasal: quando a adenoide é tão grande ao ponto de prejudicar a respiração pelo nariz.
  • “Catarro no ouvido”: em casos onde a adenoide prejudica a ventilação do ouvido e causa o acúmulo de catarro, prejudicando a audição.
  • Sinusites de repetição: especialmente em crianças, a adenoide pode ser a causa de episódios recorrentes de sinusite aguda.

Local de realização:
A cirurgia da adenoide é realizada em centro cirúrgico.

Como é realizada:
A cirurgia é realizada através da cavidade oral, sem a necessidade de cortes ou incisões externas.
Através do espaço da boca e da garganta, o cirurgião realiza a retirada da adenoide. Basicamente há dois métodos:

  • uso de instrumentos tradicionais, como curetas;
  • uso da radiofrequência (coblation).

Em casos selecionados, pode ser necessária a realização do procedimento através do nariz, com o auxílio de equipamento de vídeo e microdebridador.

Perguntas frequentes:
A partir de qual idade pode ser realizada a cirurgia?
Não existe uma idade mínima para a realização da cirurgia. Entretanto, a maioria das crianças são operadas a partir dos dois anos de idade.

A adenóide pode voltar a crescer após a realização da cirurgia?

Sim, embora isto não seja freqüente.

Anestesia

Geral (sob os cuidados de médico anestesiologista).

Pós procedimento

  • Dieta fria por alguns dias.
  • Repouso relativo (afastamento das atividades escolares, especialmente atividade física) por 1 semana.
 

Agendamento

Faça seu pré-agendamento com facilidade preenchendo o formulário ou ligue para (48) 3224-1111.