8 sinais da perda auditiva

8-sinais-da-perda-auditiva

Por:
Publicado em 11/12/2018 - Atualizado 15/03/2019

8 sinais da perda auditiva

A perda auditiva, ou seja, a dificuldade em ouvir ou entender sons, é um problema que, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), afeta 28 milhões de brasileiros. Ainda segundo a organização, no mundo todo ao menos 10% da população sofre com algum tipo de deficiência na audição.

Apesar de se tratar de um distúrbio perceptível especialmente entre os idosos, pelo menos 40% dos casos não tem relação com o envelhecimento.

Para que seja possível reabilitar a perda auditiva, é fundamental que ela seja diagnosticada precocemente para que o tratamento seja iniciado o quanto antes. Por isso, é fundamental conhecer os sinais que ela apresenta e agir assim que eles forem percebidos.  

8 principais indícios da perda auditiva

Para auxiliar na identificação do problema, selecionamos os sinais mais comuns da perda auditiva que você deve prestar atenção. São eles:

1) Dificuldade de entender a fala 

Apesar de conseguir ouvir o que as pessoas dizem, não há a real compreensão das palavras. A impressão é de que os outros estão resmungando, murmurando ou falando de maneira incompreensível.

2) Dificuldade de escutar em locais com muitos ruídos

Como há grande interferência do som ambiente, é mais difícil compreender a fala, mesmo que a pessoa esteja falando próximo ao ouvido.

3) Necessidade de aumentar o volume da TV e do rádio

Com a dificuldade de ouvir os sons reproduzidos no rádio e na televisão, a pessoa afetada precisa aumentar o som dos aparelhos, o que pode gerar desconforto para quem está junto ou em outro ambiente.

4) Fala muito alto

Como a própria pessoa não se escuta direito, ela acaba falando alto sem nem perceber.

5) Zumbido no ouvido

Dependendo da causa da perda auditiva, é comum perceber a presença de zumbido no ouvido. A pessoa ouve constantemente um barulho sem que haja qualquer tipo de estímulo externo.

6) Pede para repetir o que foi dito

 Pela dificuldade em ouvir e compreender inicialmente o que é dito, é muito comum que seja necessário que as pessoas repitam as frases com frequência.  

7) Precisa ler os lábios

Nos casos mais avançados de perda auditiva, muitas pessoas só conseguem entender as palavras quando é possível fazer leitura labial.

8) Isolamento social

Uma das principais consequências da perda auditiva é o isolamento. Isso ocorre porque, devido à dificuldade de se comunicar, a pessoa começa a evitar locais e situações que necessitem de interação, prejudicando a sua qualidade de vida.  

Quais as causas e os tratamentos para perda auditiva?

Em média, 60% dos casos de perda auditiva ocorrem de forma hereditária, ou seja, têm origem genética. Nas demais situações, ela surge ao longo da vida devido a outros fatores, como:

  • Exposição à poluição sonora;
  • Uso de aparelhos de som, fones de ouvido e celulares com volumes altos;
  • Doenças que reduzem a oxigenação do ouvido, como hipertensão e diabetes;
  • Uso crônico e em alta dosagem de medicamentos como antibióticos, aspirinas e anti-inflamatórios;
  • Casos frequentes de infecções, como otites médias crônicas.

Por isso, preste atenção aos fatores que influenciam a perda auditiva e previna-se.  

Se você já tem percebido algum dos sinais apresentados ou está exposto aos fatores listados, procure ajuda médica. Nós temos um corpo clínico especializado para lhe atender. Pré-agende sua consulta online.