Stacks Image 615
Tem alguma dúvida ou quer saber mais sobre um problema de saúde da área de Otorrinolaringologia? Acesse conteúdo de qualidade preparado por nossos profissionais.
Stacks Image 616
Conheça as cirurgias realizadas pela equipe do CDO. Aqui você também encontra informações detalhadas sobre cada procedimento, orientações, ilustrações e vídeos.
Stacks Image 617
O CDO dispõe de uma grande variedade de exames complementares. Tudo para ajudar no seu diagnóstico e melhorar a sua vida.
Stacks Image 618

Obstrução Nasal (nariz entupido)


Por Dr. Rafael Pinz
A obstrução nasal (nariz entupido) é uma das principais queixas que levam o paciente a procurar o consultório do otorrinolaringologista.

É um problema que afeta pacientes de todas as idades, desde os recém-nascidos até os idosos. As causas variam de acordo com a idade do paciente:
- em recém-nascidos e lactentes (primeiros meses de vida) as causas mais comuns são a atresia de coana e a rinite do lactente;
- nas crianças, as duas doenças mais comuns são a hipertrofia da adenóide e a rinite alérgica;
- em adultos, são comuns a rinite alérgica, a rinite medicamentosa, o desvio do septo nasal, a rinossinusite crônica e os pólipos nasais;
- nos idosos as causas são semelhantes as do adulto, mas deve ser dada atenção especial ao sintoma devido a maior probabilidade do aparecimento de tumores.

Embora seja um sintoma que raramente represente risco à vida do paciente, a obstrução nasal pode causar grande prejuízo à qualidade de vida em diversos aspectos:
- boca seca, ardência da boca e da garganta, mau hálito, infecções recorrentes da garganta (faringites), rouquidão, tosse.
- diminuição do olfato e, por conseqüência, do paladar.
- alterações do sono: sono muito agitado, despertares freqüentes durante à noite, fadiga, irritabilidade.
- alterações no ouvido: estalos, pressão, diminuição da audição.

O otorrinolaringologista é o profissional indicado para avaliar esta queixa e orientar o diagnóstico e tratamento adequados para cada caso. A avaliação consiste na história do paciente, exame físico otorrinolaringológico e exame endoscópico do nariz. Em alguns casos, é necessário solicitar exames complementares como a radiografia do cavum e a tomografia computadorizada dos seios da face.

Após esta avaliação, é possível que um paciente apresente mais de uma causa para sua obstrução nasal, como, por exemplo, um desvio do septo nasal associado à rinite alérgica.

O tratamento depende da(s) causa(s) do problema e pode variar desde simples orientações e uso de medicações até a necessidade de realizar uma cirurgia.